terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2014 é o nosso ano, tenho ouvido esta frase o tempo todo.

Há coisas no Brasil que me entristecem, muitas delas, como mostra esta imagem abaixo. Muitas coisas até me envergonham por ser identificado como brasileiro junto com estas "pessoas" e eventos. Mas, como sou brasileiro de corpo e alma e adoro meu país acima de tudo, tenho fé que as coisas vão mudar e melhorar.


2014 é o ano da copa, como brasileiro e torcedor da seleção, quero ganhar, mas será que estamos preparados como país para suportar o peso de um titulo mundial junto com eleições presidenciais? Creio que não. 
De qualquer forma, desejo a todos, mesmo aos que não merecem, um feliz 2014!



terça-feira, 24 de dezembro de 2013

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Não é segredo que sou admirador do Bill Gates

Recebi este texto do meu amigo Carlos Freitas por e-mail achei tão bom que resolvi postar aqui e compartilhar com todos.

"Não é segredo que sou admirador do Bill Gates" Edson Camara



Integra de uma palestra proferida por Bill Gates em uma escola secundária (High School) é muito interessante, leiam:

1. A vida não é fácil — acostume-se com isso.

2. O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele ANTES de sentir-se bem com você mesmo.

3. Você não ganhará R$20.000 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone.

4. Se você acha seu professor rude, espere até ter um chefe. Ele não terá pena de você.

5. Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Seus avós têm uma palavra diferente para isso: eles chamam de oportunidade.

6. Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Então não lamente seus erros, aprenda com eles.

7. Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são “ridículos”. Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto.

8. Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real. Se pisar na bola, está despedido… RUA!!! Faça certo da primeira vez!

9. A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.

10. Televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boate e ir trabalhar.

11. Seja legal com os CDFs (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar PARA um deles."

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

#novaferramenta




#ferramentanova


Tenho me esforçado muito para me tornar um usuário completo de iPad e com isso facilitar meu trabalho.

Nos últimos dias migrei varias ferramentas, documentos e aplicativos do meu notebook para o iPad e as coisas tem funcionando bem. Planilhas, apresentações, e-mail e um monte de coisas que uso no trabalho estão se juntando e se moldando ao jeito iPad.

Quando viajo utilizo 100% o iPad, para relatórios, fotos, e-mail e tudo que preciso para desempenhar bem meu trabalho de campo que atualmente tem tomado mais de 80% do meu tempo útil.

Hoje recebi minha mais nova aquisição de iPadiano, um teclado bluetooth. Estou a busca de uma ferramenta destas ha muito tempo, mas desejava uma coisa especial que obedecesse a certos critérios e parâmetros de uso, funcionalidade, praticidade e beleza. Lendo o livro #iPadonly me deparei com uma maravilha da Logitech que foi feito pensando nos meus anseios. Procurei nos sites brasileiros e encontrei no kabum fiz o pedido no domingo a noite e recebi hoje aqui em Fortaleza, compro bastante no kabum e uma das razoes é a rapidez com que eles entregam os pedidos é impressionante considerando que o kabum localiza-se em Limeira no interior de Sao Paulo (Não aprendi como utilizar o til neste teclado ainda).

O nome todo deste teclado é Ultrathin Keyboard Cover Logitech, ele é feito em alumínio combinando com o fundo do iPad e o conjunto deles dois fica muito bonito.

Estou escrevendo este post agora com ele e ainda não tenho muita pratica mas de longe hå duas funcionalidades muito melhores, a primeira é não precisar usar o teclado virtual que toma conta de metade da tela e a outra é exatamente poder usar a tela inteira enquanto escrevo.

Vou praticar e estudar mais para descobrir como este bichinho funciona 100%







- Posted using BlogPress from my iPad

sábado, 3 de agosto de 2013

#ipadonly


Já há algum tempo que venho trabalhando e usando meu iPad em quase 90% do meu tempo dedicado a trabalho, leitura, aprendizado, entretenimento e outras coisas que se faz com um iPad.
Já uso muito pouco meu notebook e não ligo meu desktop sei lá a quanto tempo.

Venho adaptando a maioria dos arquivos que uso em meu trabalho para versões compatíveis com meu iPad.
Escrevo este post agora mesmo no meu iPad.

Acabei de ler este livro chamado #iPadonly, traduzindo diretamente para português seria algo como #sóiPad, ou seja o uso 100% do tempo e para 100% das coisas com o iPad.

Este livro foi escrito por August Pinaud e Michael Sliwinski, dois empreendedores, palestrantes e escritores que usam só o iPad para trabalhar.

Existem inúmeras razoes para isso, mas vou escrever outro dia sobre este assunto com mais calma e mais tempo para a tarefa.

O objetivo deste post foi apenas enaltecer este livro que foi escrito no iPad dos autores e foi elaborado e reparado para ser lido no iBooks. O livro conta com mais de trinta vídeos explicativos sobre vários aspectos e visões do uso do iPad.

Infelizmente quem não domina o inglês não poderá nem ler o livro nem aproveitar os vídeos e seus ensinamentos, o que é uma pena.

Só uma observação interessante sobre a autonomia do iPad, iniciei o uso do iPad hoje as 5 da manhã e passei o dia inteiro usando, escrevendo, lendo e vendo vídeos, agora são 22:10 enquanto concluo este post o indicador da bateria mostra ainda uma carga remanescente de 9%, esta é uma das razoes pela qual não viajo mais com meu laptop.

Para mais informações visite o site www.ipadonly.net






quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Lá em 1971

Ontem dia 31 de julho minhas filhas Valentina e Agnes completaram 15 anos. Esta é uma data muito especial na vida das meninas e fiquei muito feliz por elas.

Durante o dia fiquei pensando como o tempo voa. Comecei a pensar quando eu tinha 15 anos e fui bater lá em 1971. Entrei num turbilhão, num túnel do tempo e comecei a lembrar uma montanha de coisas que aconteceram comigo e com as coisas, as pessoas em 1971.

Fui até o Google e digitei "o que aconteceu em 1971" e quase surtei. O mundo e tudo era de fato muito diferente lá em 1971.

Resolvi partilhar algumas das imagens aqui para que quem for contemporâneo meu possa curtir e quem não for consiga dar uma viajada e ver como as coisas eram diferentes naquele tempo.

Prefiro os dias de hoje para viver, mas tenho saudade da ingenuidade daqueles tempos.

Meu coração continua puro hoje, mas não tenho mais aquela ingenuidade que alimenta nossa esperança. Também não perdi a esperança, mas ela está mais difícil de ser encontrada nos dias atuais.



Em 1971 John Lennon lançou sua mais importante e famosa música chamada Imagine, um hino a paz e a integração entre os povos.





Em 1971 Caetano e Gil estavam exilados, pelo governo militar da época, em Londres de onde enviaram estes dois LPs, chatíssimos diga-se, mas que mostrava o humor deles diante desta situação ridícula de não poder viver no próprio país por terem opiniões diferentes.





Vocês imaginam que alguém que se vestia assim ainda estava na moda?
Vejam as calças boca de sino e as cores da moda de então. Incrível né?


Em 1971 o Brasil ganhou o miss mundo, Lúcia Peterle foi nossa miss e a mais bonita no mundo naquele ano.


Assim eram os anúncios nas revistas em 1971, como não havia internet, as revistas eram um grande meio de comunicação, alguém aí já ouviu falar na Manchete e O Cruzeiro?


O Pelé, que era muito melhor jogador do que o Neymar e o Messi juntos, também fazia seus bicos como garoto propaganda, esta loja Ducal, era muito famosa, eu mesmo cheguei a comprar roupas lá, havia uma promoção interessante, eles vendiam um terno com duas calças para poder renderam mais usos antes de lavar, naquela época a maioria dos homens trabalhavam de terno e gravata.


Esta é a Av. Beira Mar em Fortaleza em 1971, imagina a calma e tranqüilidade que era este lugar comparado a confusão do trânsito de hoje.





Assim era Copacabana em 1971, a foto de cima mostra a Av. Copacabana e a debaixo o antigo cinema Roxy que freqüentei muito até seu fechamento nos anos 90 ou 80 não me recordo bem.


Vista de São Paulo em 1971






Para fechar a viagem no túnel do tempo, antes dos CDS e mp3, eram lançados os LP, abreviatura de Long Play, que normalmente vinham com 6 a 7 musicas de cada lado do disco de vinil preto que tocavam em toca discos estéreos, com som que muitas vezes era recheado de uma barulhinho característico resultado dos arranhões que os discos iam sofrendo com o uso.

Uma coisa bacana que havia nestes LPs eram suas capas e matériais internos, as fotos acima mostram a capa, os envelopes internos e os selos dos dois lados do disco do LP Imagine de John Lennon lançado com muito sucesso em 1971 e que tive a sorte e o privilegio de comprar por Cr$ 25.000,00 (vinte e cinco mil cruzeiros) e ouvir até o disco furar.

Espero que tenham gostado desta curta viagem no tempo.

P.S. Não tenho a menor idéia de quanto valeria hoje vinte e cinco mil cruzeiros, mas comprava-se um LP nos Estados Unidos na época por U$ 3,00 (três dólares) ou algo parecido.

Posted using BlogPress from my iPad

Location:Rua Marcos Macêdo,Fortaleza,Brasil

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Estou nas nuvens!

Estou na nuvens

Tudo que é meu está nas nuvens, in the clouds, nas nuvens do google, in the google drive.

Sou fã do microsoft office, sempre usei a suite do office desde que iniciei o uso de computadores por volta de 1990, excel, word e power point são meus companheiros de longuíssima data. 

Comecei armazenando meus arquivos em disketes grandes, pequenos, HDs, iomega drive, pen drive, hd externo, cd e dvd. Havia um grande transtorno nisso, de vez em quando simplesmente perdia tudo por corrupção da mídia ou seja lá qual motivo.

Não sei quem criou este conceito de armazenar informações na nuvem, in the cloud, mas seja lá quem for, é um gênio. O conceito em si existe desde os grandes main frames da década de 50, mas para mim que sou usuário individual só começou mesmo de uns três anos para cá. 

Atualmente uso bastante espaço na nuvem para guardar tudo, documentos, planilhas, músicas, fotos e até filmes, tenho um monte de espaço gratuito para isso, compilei uma pequana lista do que uso e suas finalidades:

Dropbox para fotos, documentos e arquivos de trabalho
Evernote para documentos
SkyDrive para fotos, documentos e arquivos de trabalho
Amazon drive para fotos
Picasa para fotos
Flickr para fotos (1 terabite grais)
Facebook para fotos
iCloud para fotos, músicas e filmes.
Kindle, Kobo e iBooks para livros
Google Drive para fotos, aplicativos, arquivos e documentos

Juntando tudo tenho minhas coisa literalmente nas nuvens.

GOOGLE DRIVE e GOOGLE DOCS

Atualmente uso muito meu iPad para trabalhar, tanto no escritório, como em campo e em casa. O iPad é 99,99% útil para tudo que preciso no meu trabalho. Tratarei deste assunto em um post exclusivo sobre como uso o iPad em outro momento.

Há coisa entretanto que preciso, ao menos ainda de um notebook para executar, tenho um McBook air com tela de 11 polegadas com memória de armazenamento em flash de 65gb, igual a do meu iPad. Gosto do McBook por que o bichinho é ultra rápido e partir do momento que dominamos o IOS e nos acostumamos com ele, não dá mais pra viver sem.


Por ter pouco espaço disponível no HD do McBook me acostumei a guardar na nuvem tudo que preciso para trabalhar e dai a usar o Google Docs foi rapidinho porque desta forma não preciso me preocupar com os aplicativos também. 

Quando preciso posso usar o Google Docs no meu iPad, McBook, iPhone ou até no computador do hotel ou do aeroporto se preciso for, está tudo lá a minha disposição, basta ter uma conexão com a internet e todos os meus arquivos aparecem em um passe de mágica e ficam disponíveis para mim enquanto a seção estiver no ar. Perfeito não?

MAS, e se a internet falhar? Bom, respondo, não dá pra trabalhar, mas todas as internets, digo conexões WI-FI, sairem do ar de uma vez só? Ou simplesmente não existir como acontece em alguns trechos de estrada deste nosso Brasilzão? Bem, É difícil, mas não impossível trabalhar off-line, tenho meus becapes também certo?

GOOGLE DOCS ou GOOGLE OFFICE se preferir

O google drive me oferece de graça 15 gb para guardar o que preciso e ainda me oferece as seguintes opções em aplicativos, todos muito bons, rápidos, bem completos, eficientes e totalmente grátis:


Documento, igual ao Word, para trabalhar com textos, cartas e documentos.
Apresentação, igual ao Power Point, para elaborar e trabalhar com apresentações de slides.
Planilha, igual ao Excel, um pouco limitada para formulas mais elaboradas e junções entre planilhas, mas para o básico é 100% bom.
Formulário, este é o que há, uso muito este aplicativo para as missões do PDG,  ele permite a elaboração de formulários com diversos tipos de perguntas e já tabula automaticamente as respostas em um planilha com gráficos e tudo mais, é insubstituível.
Desenho, uso pouco, mas dá pra fazer vários tipos de formas e figuras e usar em conjunto com planilhas e documentos.
Fusion Table, trata-se de uma super tabela dinâmica para gestão de dados relacionais muito útil para filtrar e garimpar dados em planilhas gigantes.

Existem muitas outras funcionalidade do Google Docs, estas acima são as mais básicas e as que uso diariamente no trabalho. Acredite, sou usuário experiente do office, tenho uma assinatura do office 360 que não renovarei em janeiro de 2014, sabe por que? Porque o google docs me atende em 100% das minhas necessidades e gratuitamente.

venha pra nuvem você também e poupe tempo e dinheiro.






quarta-feira, 24 de julho de 2013

Ninguém conversa mais?

Ninguém conversa mais?

Provavelmente eu já falei sobre isso aqui mesmo no blog, mas como a tendência piorou resolvi abordar o tema novamente. Recentemente fiz uma longa viagem de trabalho onde durante as refeições, almoços, jantares, café da manhã, e nas longas horas de estrada entre uma cidade e outra, as pessoas que me acompanhavam e eu interagíamos um pouco mais apesar de termos passado o dia todo juntos.


Durante o dia, enquanto trabalhávamos a conversa fluía normalmente em torno dos assuntos do trabalho, mas nos momentos que ressaltei acima, normalmente, cada um, eu inclusive, voltávamos nossas atenções para os nossos smartphones e iPads. Eu sei, você vai me dizer que o mundo hoje é assim, ultra conectado 24 horas por dia, todo mundo tem que saber o que todo mundo faz, via facebook, instagram, twitter, foursquare, e-mails urgentíssimos, WhatsApp e por ai vai. Concordo inteiramente e até uso e acho vital nos dias de hoje esta comunicação a velocidade da luz. MAS, coloco aqui este MAS com letras maiúsculas, porque o negócio está meio exagerado e passando do limite.

Se é conversando que agente se entende, então é por isso que...

De uma olhada em sua volta, agora mesmo deve ter gente ultra focada nas suas telinhas e com gente em volta.

Algumas cenas comuns, identifique-se, por favor:

  • Você envia um e-mail para seu colega que trabalha na sala ao lado e as vezes na mesma sala.
  • Você vai almoçar com alguém e a primeira coisa que os dois fazem é fazer o check-in no facebook ou foursquare.
  • Você participa de uma reunião mais dá uma olhadela no seu smartphone a cada minuto para ver se chegou algo.
  • Você verifica o seu e-mail a cada minuto.
  • Você está em casa com a familia, e cada um está imerso em seu "geek" checando e-mails, facebook e etc..

A lista é infindável  e todos nós estamos dentro dela em uma ou mais  situações.

Pare para pensar...

Você sabe conversar ainda? Sabe articular um pensamento ou uma ideia verbalmente? faça uma análise e veja o quanto você tem dedicado a este universo on-line e perdendo o que está em volta.

É difícil viver desconectado, eu por exemplo, estou totalmente na nuvem, todos os meus arquivos e aplicativos de trabalho estão na nuvem, não vivo sem internet. Mas, gosto de conversar ao vivo e a cores com as pessoas.

Quando preciso de algo e a pessoa está ao meu alcance pessoal ou por telefone, prefiro mil vezes interagir ao vivo e até confirmo depois por e-mail, mas prefiro conversar pessoalmente. Os resultados são bem melhores.

E-MAIL NÃO EXPRIME EMOÇÃO NEM TOM DE VOZ

Portanto, prefiro olho no olho do que telinha e telona para conversar e trocar ideias.

Minha filha teve um desencontro no último final de semana com amigos simplesmente porque combinaram tudo por WhatsApp e no final ninguém sabia onde era o ponto de encontro.

Ao mesmo tempo, grandes manifestações foram organizadas via facebook no Brasil inteiro, então isso também funciona.

O Fato é que, tudo em exagero é prejudicial, e o meu ponto aqui é defender que não deixemos de interagir pessoalmente com as pessoas. Só isso.

Ficarei feliz em ouvir ou ler a sua opinião a respeito.


 

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Edson Camara Fale Comigo 3 anos de blog!



Hoje, 17 de maio de 2013, o blog Edson Camara - Fale comigo completa 3 anos.
Agradeço de coração a todos que me apoiam e prestigiam, valeu mesmo!

Um grande abraço







terça-feira, 14 de maio de 2013

Percepção e Realidade

Percepção e Realidade

"A realidade é meramente uma ilusão, embora bem persistente" - Albert Einstein

"Tudo que você vê, ouve, toca ou vivencia é especifico seu, você cria um universo com suas percepções, logo este universo de percepções é especificamente seu" - Douglas Adams



Pense na história da sua vida até o momento, quem escreveu este roteiro, foi você? Ou ele foi se moldando a medida que você foi vivendo e assim a sua vida foi tomando forma de acordo com a realidade criada por você, seu marido ou esposa, filhos, familiares, amigos, locais onde mora, estuda, viaja, o que você vê na rua, na TV ou na internet? Toda a sua realidade na verdade existe de acordo com sua ótica e sua percepção. Você não é de fato quem você pensa que é, você é em verdade aquilo que os outros pensam de você, aquilo que os outros percebem no seu comportamento e nas suas atitudes perante os acontecimentos de sua vida. É duro, mas a percepção dos outros é o que vale.

Agora, pare por um momento e imagine que você é o roteirista, escritor de sua vida, que você tem o poder de fazer a sua percepção tornar-se realidade para todos as outras almas que circulam no seu universo. O que você faria? Mudaria algo no passado? Ajustaria o presente para melhorar o futuro? Não faria nada? Já imaginou o tamanho do poder que você tem nas mãos?

Por que na realidade, este poder existe, é fato que o que passou há um segundo ou dez anos atrás não volta mais e não há como remediar, mas partindo do principio que tudo, absolutamente tudo na nossa vida começa com uma decisão e se a partir deste momento, deste mesmo momento que você lê estas palavras, você começar a tomar mais cuidado com suas decisões a sua vida vai melhorar, bem pode piorar também, dependendo do que você decidir, mas isto só você vai saber.

Entretanto, infelizmente ou felizmente, a percepção e a realidade nunca vão se encontrar e por mais poder que você tenha de reescrever a historia da sua vida, a percepção dos outros sempre será diferente da sua realidade, embora caiba a você decidir, novamente as decisões, se a percepção dos outros vão lhe incomodar ou não. Se você tem a auto estima elevada e é senhor dos seus atos e se acha um "cara" legal não importa se alguns acham o contrario o que importa é o que você percebe de você mesmo e isto é a sua realidade.



Por outro lado note que a maneira que você percebe as coisas termina por transformar a sua percepção em realidade para você. O fato é que nós não estamos na cabeça dos outros para saber o que cada um pensa e percebe a vida. É complicado e simples ao mesmo tempo, só o amadurecimento melhora o nosso dom de percepção das coisas do universo e esta percepção é o que vai nos moldando e construindo a realidade da nossa própria existência.




"And in the end, the love you take is equal to the love you make" - Paul McCartney

quinta-feira, 2 de maio de 2013

O importante é ser PRODUTIVO e não OCUPADO.


Você não admite, mas você adora se distrair e se desviar do seu trabalho, na verdade, exatamente como os macacos você toma uma carga de dopamina toda vez que algo lhe desvia a atenção do seu trabalho. Por exemplo, por que você constantemente verifica seu e-mail?
Se você deseja ser mais produtivo, mantenha o foco no trabalho, não há nenhum segredo ou dica bacana aqui, faça uma coisa de cada vez, pare de ser multitarefa e mantenha o foco.


Fácil falar né?

Hoje pela manhã estive pensando sobre este assunto, basicamente uma pergunta me veio à mente. Por que tantas pessoas são tão ocupadas, ou parecem sê-lo, mas são improdutivas?
Como eu adoro fazer listas, fiz mais uma para ajudar a encontrar uma resposta para minha questão:

1) As pessoas são improdutivas por que atiram pra tudo que é lado

Para início de conversa, escreva seus objetivos, suas metas. Detalhe-os o máximo possível e monte um “planinho” com data pra começar e para terminar. Sem plano, ninguém chega a lugar nenhum. E plano bom é plano escrito. Um dos maiores mentores para quem já trabalhei tinha sempre na ponta da língua a pergunta “E qual é o plano?” toda vez que levava-lhe alguma ideia nova. Pode parecer difícil, mas escrever um plano é a coisa mais fácil do mundo, na verdade um plano é a descrição dos passos que precisamos dar para conseguir fazer qualquer coisa. O mais difícil é começar, depois que você se vicia nisso, como eu, faz plano pra tudo.

2) Multi-tarefa é para o Windows, não pra você.

Ficar pulando de tarefa em tarefa não leva ninguém a parte alguma, se você, muda de tarefa mais que dez vezes num dia você está se comportando como criança brincando e devaneando ao invés de trabalhar, vai estar muito ocupado, mas não vai fazer nada, quando o dia chegar ao final, você vai estar exausto e não terá conseguido fazer nada a não ser gastar o dinheiro do seu patrão ou o seu mesmo em tempo perdido. Mais uma vez FOCO em uma tarefa especifica que faça parte de um plano especifico, é gol na certa.



3) Fuja das distrações e dos “Distraidores”

Tranque sua porta, coloque um aviso em sua mesa, desligue seu celular ou o ponha no silencioso, não olhe o e-mail e fuja do facebook como o diabo foge da cruz. Mantenha-se focado no seu trabalho no mínimo por 45 minutos em cada hora e longe das distrações e dos distraidores. Você vai virar uma moto niveladora, um Tiranossauro Rex dos realizadores e perderá aquela sensação ruim de ser ocupado e não produtivo.

4) Só abra seu e-mail uma vez a cada hora

O ideal é abrir o e-mail só duas ou quatro vezes no dia, mas se isto é impossível para você, abra-o só de hora em hora, marque um alarme especifico para isso em seu telefone celular ou smartphone e não caia em tentação. Verificar seu e-mail a todo instante é uma escravidão, na verdade você trabalha para o e-mail e não ele pra você. Sem contar que e-mail é um matador de produtividade se mal usado.

5) Use o telefone, fale com as pessoas.

E-mail não foi criado para conversar, nunca responda o e-mail mais que duas vezes sobre um mesmo assunto, pegue o telefone e fale com as pessoas. Não tenha medo, falar com as pessoas é normal e aceitável na sociedade. Converse, debata, discuta, resolva por telefone ou pessoalmente que é melhor ainda quando possível.



6) Use uma agenda, programe seu dia.

Não deixe ninguém programar o seu dia, tem gente que chega no trabalho e corre pra verificar o e-mail, passa horas zerando a caixa de entrada, as vezes a manhã toda e no final não faz p. nenhuma. Depois que acordar, beba agua para se reidratar, coma um bom café da manhã para se alimentar e restabelecer seus níveis de açúcar e liste ou reveja seus planos para o resto do dia. Lembre-se Plano, Ação e Realização. Leia seu e-mail no final da primeira hora de trabalho apenas e veja como seu dia vai render mais. Outra coisa, não fique mais que dez minutos respondendo e-mails a cada hora. Lembre-se você ganha para produzir e não par ler e responder e-mails.

7) Trabalhe direto no mínimo 45 minutos em cada hora

Após 45 minutos de trabalho, levante-se, de uma volta, espreguice-se, beba agua, vá ao banheiro e verifique seus e-mails por no máximo 10 minutos. Programe uma hora a mais de trabalho por dia em intervalos de 45 em 45 e veja como o dia voa produtivamente.


Não seja escravo do seu celular ou de seu e-mail, faça-os trabalhar pra você. O segredo de tudo isso é a disciplina. Chegar o no trabalho e ver o que vai ser ou como vai ser o dia não o levará a parte alguma. Como dizem os gringos “Work smart, not hard” Trabalhe com a cabeça, quem tem que rolar é a bola, pra fazer acontecer, fique no comando de seu trabalho, seja ele qual for, você é o chefe, não trabalhe para os outros, trabalhe para você. Tenha metas, escreva seus planos, tenha foco e aja.

O importante é ser PRODUTIVO e não OCUPADO.



Para garantir maior produtividade, veja o filme abaixo





Bom trabalho e boa sorte

domingo, 21 de abril de 2013

ANOTHER EARTH (Um segundo planeta terra)

A descoberta de um segundo planeta terra e uma série de eventos mudam totalmente a vida da personagem Rhoda.

ANOTHER EARTH (Um segundo planeta terra)

Terminei de assistir ontem este filme extraordinário, depois de três tentativas de iniciar e voltar para o inicio para entender direito o enredo, talvez agravado pelo fato de te-lo assistido em uma tela de 7 polegadas do meu tablet samsung. Vou copiar um trecho do site http://omelete.uol.com.br/cinema/another-earth-sai-o-trailer-da-ficcao-cientifica-indie/ para facilitar a introdução do filme no contexto.


"No filme, escrito por Mike Cahill e Brit Marling, a descoberta de um novo planeta no espaço, aparentemente escondido atrás do sol até então, espanta a população. Rhoda Williams (Marling) é uma estudante de astrofísica do MIT que também se encanta com o novo astro. Dirigindo durante uma noite, enquanto admirava o planeta azul, ela bate seu carro em uma van e mata a família de um célebre compositor, John Burroughs (William Mapother), que entra em coma. Nos anos em que Rhoda fica presa, astrônomos descobrem que o tal planeta é uma segunda Terra - e pessoas daqui conseguem se comunicar com essa Terra-2 de realidade paralela. Cahill dirige o filme, que ele descreve como um drama de ficção científica indie épico minimalista. O filme estreia nos EUA em 22 de julho, pela Fox Searchlight.".

Rhoda e John são os personagens principais do enredo além é claro do segundo planeta terra
O filme todo gira em torno de Rhoda e John, ela tenta desesperadamente obter perdão para si própria servindo a John em tudo que está ao seu alcance e o faz de forma tão dedicada e intensa que ele termina por se apaixonar por ela criando um drama maior ainda que culmina com a cena em que ela conta a verdade para ele. 

O filme vale a pena ser assistido pelo tremendo foco que ele dá a nossa fragilidade, impermanência e dependência de nossas decisões  durante nossa curta existência. A ideia de que outra Rhoda existia e que talvez tenha tido uma sorte melhor norteia as ações e pensamentos da personagem central até que no final ela descobre que a segunda terra e seus habitantes são uma cópia exata de tudo que existe na terra original incluindo seus problemas e dramas pessoais.


Brit Marling como Rhoda Williams no filme Another Earth (2011)
O filme termina com a duvida se esta é a outra ou a terra original. Existem alguns personagens e pequenos dramas paralelos que enriquecem o enredo. Vale como reflexão sobre no que dedicamos e qual o significado da nossa vida.

Não contarei mais para não atrapalhar as pessoas que ainda o desejarem assistir.

P.S. Ontem assisti a outro filme que talvez comente aqui em breve, mas uma frase deste me chamou a atenção: " Não existem erros, existem lições e aprendizados que formam nosso caráter e personalidade em nosso processo de crescimento como ser humano." Bem pertinente.



quarta-feira, 10 de abril de 2013

COMO SABER SE ESTOU AGRADANDO?


COMO SABER SE ESTOU AGRADANDO?


Como você vai saber se está “agradando” ou “trabalhando bem” se seu “chefe” nunca te fala nada? Você tem este problema? NÃO! Então você é um privilegiado e agradeça ao seu chefe por isso. Por que? Ora porque 99,99% das pessoas tem exatamente o oposto, ou seja seus chefes nunca lhes dizem se estão indo bem ou não.

MAS, ENTÃO COMO VOU SABER SE ESTOU TRABALHANDO BEM?

Vou listar abaixo 10 coisas que nossos chefes nunca nos dizem, mas se aplicam diretamente ao nosso trabalho, acredite, todo mundo tem este mesmo problema, até os chefes que tem chefes. Esta lista pode ser lida em qualquer sequência, não há ponto mais importante, todos tem o mesmo peso e devem ser respeitados da mesma maneira. OK?

1)    O que você faz fora do trabalho importa muito: Seu chefe não fica te seguindo o tempo todo, a menos que você de uma razão para isso. Nem tão pouco fica vigiando sua página no facebook e o que você “posta” lá. Mas, toda vez que você posta algo no facebook ou qualquer outra mídia social, o que você “postou” está ligado a sua vida profissional também, portanto, tenha cuidado com as coisas que você “divide” no facebook elas podem mostrar mais do que você imagina a respeito de seu caráter e valores pessoais.
2)    Sua atitude conta tanto quanto seu compromisso com a empresa: Goste você ou não as regras e normas da empresa estão ai para serem cumpridas e respeitadas. O que o seu chefe não lhe diz é que além de respeitar estas regras e normas você está sempre sendo avaliado pela sua capacidade de trabalhar e respeitar seus colegas de trabalho. Mesmo que você cumpra seu trabalho com perfeição, seu chefe não gostará de ouvir reclamações a respeito de sua atitude em relação a empresa, seu tratamento com as pessoas e suas atitudes negativas.
3)    Fale! Não tenha receio de se fazer ouvido. Os funcionários mais respeitados são aqueles que tem iniciativa. Pessoas com personalidade forte sempre são bem avaliadas. Se você fez um bom trabalhe, peça um elogio. Se você quer ser promovido, pergunte como conseguir. Se você acha que algo está errado, converse com seu chefe sobre o assunto. Todo mundo gosta de pessoas interessadas no bem comum e que estão dispostas a crescer e evoluir profissionalmente e como pessoas.
4)    Siga o líder. Procure entender a maneira de seu chefe comunicar as coisas, cada pessoa tem seu jeito, o nosso, que temos chefes é entender como é o jeito do nosso chefe dizer-nos como quer que as coisas aconteçam. Não confronte seu chefe, procure entender o jeito dele.
5)    Faça seu marketing. Mas, sem pisar nas costas dos outros. Seu chefe não tem tempo de acompanhar pessoalmente o que cada membro do seu time faz o tempo todo. Mantenha seu trabalho registrado e atualizado e fale sobre seu progresso e suas conquistas todas as vezes que tiver oportunidade. Quem não é visto, não é lembrado.
6)    Ninguém gosta de ser avaliado. Ser avaliado é tão ruim para os chefes quanto para nós. Mantendo seu trabalho em dia, cumprindo suas metas e objetivos contribuirá muito para facilitar o processo de avaliação. Não ser pego “de calças curtas” ou nunca saber o que está acontecendo lhe garantirá uma má avaliação sempre, formal ou informal. Não se iluda, estamos sendo avaliados a cada segundo.
7)    Vista-se para o trabalho. Se você vai trabalhar, vista-se para trabalhar, não para passear, ir ao shopping ou a praia. Lugar de trabalho requer roupas adequadas. E depois você nunca sabe se será chamado para conversar com alguém importante ou se receberá uma visita inesperada e “importante”. A primeira impressão, e a segunda, a terceira... é a que fica. Por tanto asseio e elegância não fazem mal a ninguém.
8)    Todo mundo gosta de elogio. Até seu chefe gosta de ser elogiado pelo trabalho bem feito, então elogie seu chefe também. Mas, cuidado o limite entre o elogio e o “puxa-saquismo” é muito estreito. Tome cuidado também de manter suas palavras de elogios sinceras e livres de dupla interpretação.
9)    Seja um “RESOLVEDOR” de problemas. Não traga mais problemas, se você não pode ou não quer ajudar, é melhor ficar quieto e guardar suas opiniões negativas. Todo problema tem solução, toda solução requer trabalhar as causas do problema. Nem sempre as soluções dependem de você pessoalmente, mas se você sugerir algumas alternativas alguém vai ouvir e juntar com suas próprias alternativas e juntos encontrarão uma solução para as causas do problema e até para o problema em si.
10)   Seja responsável pelos seus atos. “O transito estava horrível”, “tive um problema pessoal pra resolver”, “não recebi seu e-mail”, “ninguém me falou nada”, “isto não é comigo”, “esta meta é muito alta”, “estão faltando mercadorias”, “hoje é feriado” ... Poderíamos ficar aqui o dia todo relatando dezenas, centenas de desculpas que povoam nosso imaginário quando estamos prestes a justificar o injustificável. Chegue no horário, leia seus e-mails, procure se informar sobre o que acontece em seu trabalho, faça parte do time e o mais importante de tudo “FAÇA A SUA PARTE”. Ninguém gosta de gente que se desculpa o tempo todo. A frase “desculpe, isto não vai acontecer novamente” só cola uma vez na vida.

Este texto foi originalmente publicado no jornal O Campeão das Farmácias Pague Menos na edição de fevereiro de 2013.



quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Dicas para tomar notas com eficiência

Dicas para tomar notas com eficiência

Todo mundo tem seu jeito especial e particular de tomar notas, alguns são ultra organizados outros são tão descuidados que não entendem nem a própria letra. Eu tinha este problema, sério, resolvi fazendo um curso de caligrafia e hoje acho minha letra até bonita. Mas, o mais importante mesmo é fazer suas anotações e transforma-las em ações depois, este é o segredo do negócio de tomar notas.
Escrever não é muito comum entre os brasileiros e agora com esta onda de Smartphones e tablets tem muita gente dedilhando os teclados minúsculos ao invés de escrever em papel, neste ponto sou categórico e tradicional, nada como um bom caderno e uma boa caneta pra fazer a imaginação e a memória funcionarem.
Eu tenho por habito anotar tudo, mas tudo mesmo, tudo que acontece em minha volta seja no trabalho ou na vida pessoal eu anoto, leio e transformo em ação depois. Tenho um caderno em casa para anotar tudo que faço em minhas horas de folga, as boas ideias sempre chegam quando estou escrevendo e adoro escrever.

Não consigo imaginar alguém participar de uma conversa pessoalmente ou por telefone, participar de encontros ou reuniões e não escrever sobre o que foi discutido e acertado.

Aqui vão algumas dicas para ajudar a quem desejar aprimorar ou iniciar o processo de tomar notas e registrar as coisas que acontecem em sua volta a cada minuto.

  1. Anote as coisas enquanto ainda estão frescas na sua cabeça, não aguarde o final do dia para isso porque você certamente esquecerá mais de 90% das coisas que viu e ouviu.
  2. Escolha um bom caderno ou agenda e use-o para tudo, coisas pessoais e de trabalho, desta forma você sempre terá a versão mais recente de seu sistema de registros e notas.
  3. Use um marcador de texto para realçar as coisas importantes e prioritárias.
  4. Mantenha suas anotações em ordem cronológicas para que elas façam sentido quando você as ler ou reler no futuro.
  5. Use um calendário com visão mensal e faça menção as suas anotações nas datas que elas aconteceram e nas que requerem finalização de tarefas e projetos.
  6. Crie um sistema de símbolos para agilizar o processo de anotações, por exemplo, uma estrela (*) significa "coisas importantes para lembrar", o sinal "@" significa "Acompanhar algo em uma data futura" e use sempre o sinal ">" quando iniciar um novo tópico.
  7. Quando iniciar um novo tópico no inicio ou no meio da página sempre anote um título para referenciar com os assuntos no futuro, por exemplo "REUNIÃO SOBRE VENDAS", "CONVERSA COM O MÉDICO SOBRE OS EXAMES" ou "CONVERSA DE CORREDOR COM O GERENTE".
  8. Quando um assunto for muito importante e requeira várias consultas use uma etiqueta colorida como localizador de página, elas são baratinhas e as encontramos em qualquer papelaria.

Ter um sistema de registro e anotações é importante por que não temos ninguém para ser nosso "back up" e confiar na memoria não dá, mesmo que você seja um gênio e nunca esqueça nada.

Só você é responsável pelo seu fluxo de informações e escrever não mata ninguém. Outro ponto importantíssimo  as baterias dos cadernos de papel nunca acabam e as canetas bic tem tinta para um milhão de quilômetros de escrita.

E você, qual o seu sistema para registrar, anotar e não esquecer das coisas?

Dicas usadas em tradução livre neste site:

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O novo Microsoft Office 365 é um excelente negócio

Sou usuário do Microsoft Office desde a versão 5 lançada em 1993 e tenho feito o possível e impossível para atualizar as versões a cada novo lançamento da Microsoft. Ocorre que este pacote muito necessário para oi meu trabalho custa cada vez mais caro e não é fácil imobilizar tanto dinheiro para comprar um software, mesmo sendo vital para o meu trabalho.

banner-microsoft-office-360Este inicio de 2013 a Microsoft trouxe uma boa novidade. Eles lançaram o office 365 ou office 2013 em uma versão de assinatura anual por apenas R$ 179,00. Mais uma vez afirmo, não trabalho na Microsoft e nem sou acionista desta empresa, mas tenho que divulgar o que é bom.

Fazendo uma continha rápida, R$ 179,00 dividido por 365 dias é igual a R$ 0,49 por dia. Não sei como eles chegaram a este numero, só sei que é um baita de um “negocão”.

Veja, o pacote office completo custa R$ 1.790,00, por 10% do preço você faz uma assinatura anual que lhe dá a mais avançada suíte office que existe no universo. Este pacote vem completo com Excel, Word, Power Point, Outlook, One Note, Publisher e Access acrescente a isso 20 gigas de espaço para armazenagem pelo SkyDrive que lhe permite acessar seus arquivos em qualquer computador, tablete ou smartphone, pra mim é perfeito.

windows8Em setembro do ano passado eu tinha virado o jogo para a Apple quando comecei a usar um McBook Pro, iPhone e iPad tudo integrado. Bacana, sofisticadíssimo, só havia um problema, a minha produtividade caiu muito devido a falta de compatibilidade do McBook com nossas coisas brasileiras a começar pelo teclado ABNT. Também não consegui nada que substituísse o Access. Eu sei existem formas de emular o Windows no OS e usar o access e outras coisas Windows no McBook, mas eu não gosto de goiabada diet e nem de nada emulado, com o lançamento do Windows 8 eu decidi voltar para meu reduto PC/Microsoft e agora com o Office 365 estou certo que a minha decisão foi muito acertada.

MS_SURFACE_RW 065-800Para dar um tiro de misericórdia também troquei meu iPhone por um Galaxy Samsung SIII que dá um show de desempenho na maçãzinha. Meu plano agora é aderir ao novo tablet da Microsoft assim que ele estiver disponível para nós brasileiros podermos compra-lo.

Sou fã do Bill Gates e da Microsoft PONTO.

Para saber mais sobre Office 365

Para saber mais sobre o Windows Surface

domingo, 6 de janeiro de 2013

Verdade Tropical

Verdade Tropical

Esta semana conclui a leitura do livro de 1997 escrito pelo Caetano Veloso intitulado Verdade Tropical. Eu havia iniciado a leitura dele em setembro do ano passado e demorei este tempo todo para ler as primeiras duzentas páginas dele. Entretanto já no final da segunda parte e inicio da terceira fiquei totalmente absorvido pelo texto e não larguei mais o livro até concluir a sua leitura.

O Caetano Veloso é uma pessoa de outra dimensão para mim, gênio simplesmente, ler sobre sua vida é partilhar um pouquinho da sua humanidade, de seus problemas terrenos, seus sonhos e seus anseios. Devemos a ele inúmeras coisas na música popular brasileira, principalmente o movimento Tropicalista. No livro ele conta com detalhes a historia de como surgiu e como foi implantado esta importante fase da evolução musical brasileira. Para saber mais leia aqui.


Paisagem útil

Fiquei muito emocionado ao descobrir um ponto convergente em minha historia com a dele, embora seja muita pretensão de minha parte sequer mencionar isso. O que ocorre é que no disco de estreia do Caetano Veloso de 1967 há uma música chamada "Paisagem Útil", para ouvi-la clique aqui, nesta música há um trecho onde ele canta:


No alto do céu uma lua
Oval, vermelha e azul
No alto do céu do Rio
Uma lua oval da Esso


No livro ele conta que escreveu este trecho baseado em um posto da ESSO que existe ainda hoje localizado no inicio do aterro do Flemengo no Rio de Janeiro onde ele via o enorme logo da ESSO na torre do posto. Coincidentemente quando criança morei na Av Osvaldo Cruz quase em frente a este posto onde brinquei muito com meu irmão no seu grande páteo de estacionamento.

A parte 4 do livro é muito marcante, a narrativa conta desde o episódio grotesco de sua prisão quando ele  e o Gilberto Gil amargaram quase três meses de prisão arbitrária e totalmente sem fundamento pelo regime militar da época  e o seu exílio "involuntário" em Londres onde ele viveu por quase três anos e ainda conseguiu nos brindar com a obra prima, ao menos para mim, do álbum "TRANSA", quem gosta do Caetano e não conhece deve ir atras de uma copia urgente (se interessar clique aqui). Ouvimos, posso dizer ouvimos, por que o jeito dele escrever é igual ao dele falar, toda a história da sua carreira, como também do Gil, Bethania e Gal e tantos outros personagens importantíssimos da nossa historia recente.



Este é um livro que vale a pena ler. Não importa se você gosta ou não do Caetano Veloso, este é um livro que nos atualiza ao menos em parte do que aconteceu de importante no Brasil do ponto de vista cultural, politico e sociológico nos anos 60 e 70. E para entender o Brasil, é necessário se aprofundar nestes períodos de nossa história.
Caetano Veloso nos anos 70

Eu amo o Brasil, tive a sorte de viver nesta época  como criança nos anos 60 e como adolescente nos anos 70 e mesmo assim tenho muita dificuldade em entender o nosso País e suas particularidades. O Caetano e seu livro VERDADE TROPICAL nos auxilia neste processo de verificar e certificar a nossa brasilidade.
Caetano Veloso nos dias atuais

Nós somos um povo único em todos os aspectos, ser brasileiro não é fácil, mas é maravilhoso e ter pessoas como Caetano Veloso junto conosco me enche de orgulho e felicidade.