domingo, 30 de janeiro de 2011

SINCLAIR 1000

Foto original do meu computador timex 1000
 que trouxe dos Estados Unidos em 1983
Estava dando uma olhada nuns sites retrô a cata de anúncios vintage e dei de cara com uma relíquia, o computador pessoal Sinclair Timex 1000. Este foi o primeiro computador que comprei em minha vida, eu o trouxe dos Estados Unidos em 1983 quando estive lá a primeira vez. Paguei por ele U$ 200,00 (duzentos dólares) era uma pequena fortuna na época e mais U$ 24,00 (vinte e quatro dólares por cada software em fita cassete)


Minha mesa de trabalho em casa com meu Timex 1000,
 o gravador de fitas cassete  e a minha pequena
 TV que fazia o papel de monitor (em 1983)
O Timex Sinclair era um dos primitivos avançados da época, era movido a fitas cassete (alguém ai lembra disso) e linguagem basic, era mais ou menos assim que você tinha que dizer ao bichinho o que supostamente deveria fazer, sim por que nem sempre funcionava:


10 INPUT A,B 
20 FOR I=A TO B STEP 1
30 IF MOD(I,2)>0 THEN 50
40 PRINT I
50 NEXT I
60 END

Os softwares vinham em fitas cassete como estas duas que trouxe junto com meu
 timex 1000 em 1983. Custaram U$ 48,00, algo como uns 300 reais de hoje.
Tínhamos que programar as coisas bem facinhas e básicas e ai gravar em uma fita cassete e rezar para funcionar por que até o nível de ruído da gravação poderia influenciar o resultado final e fazer o seu trabalho de horas simplesmente dar em nada. O Timex não tinha monitor acoplado e era conectado a uma TV comum, que na época era branco e preto (Já existia TV colorida no Brasil mas custava os óio da cara e não era pra todo mundo). mesmo assim eu passava horas, as vezes a noite toda "tentando" fazer algo com o ele.
Trouxe dois programinhas, um para fazer contas, uma versão bem primitiva do excel e um de joguinhos ultra rudimentares, só traços, círculos e barulhinhos.
Foto do meu primeiro computador comprado em Nova York
 pela pequena fortuna de U$ 200,00 em 1983
Mas tudo isso era o máximo há 27 anos, UAU! como o tempo voa, em 1983 eu tinha 26 anos e toda a energia do mundo, eu também achava que podia fazer qualquer coisa que eu desejasse. Até que fiz muitas, êta saudosismo, ainda mais que eu pesava 78 quilos na época. nem eu acredito que era eu mesmo quando vejo uma foto em que apareço com peso humano.

Para quem quiser saber mais sobre computadores antigos (o site é todo em inglês)


LIVROS QUE COMPREI OU GANHEI E NÃO LI

Ao procurar um livro que sabia que tinha e queria usá-lo novamente me deparei com um monte de títulos que não me recordava se havia lido ou não totalmente. Resolvi então separar estes livros e verificar com mais profundidade. Só para encurtar o assunto, eis o resultado da minha compilação:


Pilha de livros que comprei ou ganhei e não li
Livros que o Edson Camara comprou ou ganhou e não leu
21 livros não lidos adquiridos em 2010, 2009 e até um de 2004
735 reais (por baixo) investidos, nas prateleiras da minha estante, sem retorno.
4780 páginas de informações das quais só li 1431. 30% de aproveitamento.


Fiz uma tabela com detalhes e razões do quando e do por que adquiri cada um destes livros, caso lhe interesse a tabela está disponível neste link:
Veja aqui a tabela compilada dos livros que não li


http://dl.dropbox.com/u/10020018/LivrosEdsonCamaraNaoLeu.pdf







































Estou me impondo um auto castigo a partir deste momento: Não comprar nenhum livro novo enquanto não concluir a leitura destes 21 que estão na fila.
Sou um grande comprador e um péssimo "concluidor" na leitura de livros, o maior problema são as viagens, sempre compro um livro para ler no avião e depois deixo para lá e compro outro e outro e outro.


No próximo domingo farei uma avaliação dos livros que li em 2010 e verei se ao menos o balanço foi positivo.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Tarde demais para esquecer | Edson Camara vai emagrecer

Tarde demais para esquecer | Edson Camara vai emagrecer

A queda do trema¨…



Mais uma que recebi do por e-mail, acho que vocês também vão gostar… (quem já tiver lido por ai, me desculpe, a inteção não é copiar e sim divulgar)


Estou indo embora. Não há mais lugar para mim. Eu sou o trema. Você pode nunca ter reparado em mim, mas eu estava sempre ali, na Anhangüera, nos aqüiféros, nas lingüiças e seus trocadilhos por mais de quatrocentos e cinqüenta anos.
Mas os tempos mudaram. Inventaram uma tal de reforma ortográfica e eu simplesmente tô fora. Fui expulso pra sempre do dicionário. Seus ingratos! Isso é uma delinqüência de lingüistas grandiloqüentes!


O resto dos pontos e o alfabeto não me deram o menor apoio... A letra U se disse aliviada porque vou finalmente sair de cima dela. O dois pontos disse que eu sou um preguiçoso que trabalha deitado enquanto ele fica em pé.
Até o cedilha foi a favor da minha expulsão, aquele C ridículo que fica se passando por S e nunca tem coragem de iniciar uma palavra.


E também tem aquele obeso do O e o anoréxico do I.
Desesperado, tentei chamar o ponto final pra trabalharmos juntos, fazendo um bico de reticências, mas ele negou, sempre encerrando logo todas as discussões.
Será que se deixar um topete moicano posso me passar por aspas?


A verdade é que estou fora de moda. Quem está na moda são os estrangeiros, é o K, o W. É "Kkk" pra cá, "www" pra lá.
Até o jogo da velha, que ninguém nunca ligou, virou celebridade nesse tal de Twitter que, aliás, deveria se chamar Tüiter.


Chega de argüição, mas estejam certos, seus moderninhos: haverá conseqüências!
Chega de piadinhas dizendo que estou "tremendo" de medo. Tudo bem, vou-me embora da língua portuguesa. Foi bom enquanto durou. Vou para o alemão, lá eles adoram os tremas. E um dia vocês sentirão saudades. E não vão agüentar. 

Ver-nos-emos nos livros antigos. Saio da língua para entrar na história.

Adeus,
Trema.


   
Encontrei o mesmo texto no blog abaixo também
http://jaeleneas.blogspot.com/2010/12/ano-termina-com-choro-do-trema.html

domingo, 23 de janeiro de 2011

Primeira vez… | Edson Camara vai emagrecer

Primeira vez… | Edson Camara vai emagrecer

Vai lá e dá uma geral!

Vá até o banheiro e dê uma geral lá!
Estou no ramo de pessoas, por assim dizer, há muito tempo, e ainda me surpreendo quando vejo um gerente ou supervisor dirigir-se a um membro de sua equipe e dizer:
 _Vai lá e dá uma geral.
Eu fico imaginando o que se passa na cabeça de alguém quando ouve uma instrução como esta, tão clara e precisa sobre o que ela precisa fazer.

Clareza e objetividade
Dar uma Geral pode ter milhares de significados dependendo do que e do quando, e de qual contexto a instrução é dada. Para uma instrução direta ser executada é necessário clareza e objetividade.


Ordem e instrução
Ao se dar uma ordem ou instrução é importante que além do emissor saber exatamente o que quer, que também tenha capacidade de expressar este desejo através de palavras em mensagens claras e objetivas para que o receptor possa entender e cumprir a tarefa corretamente.

Dando uma geral
Tempo e espaço
Quando algo precisa ser feito, quem vai fazer deve saber em quanto tempo e em qual prioridade e lugar esta tarefa deve ser executada. Por exemplo, ao visitar uma loja, você como Gerente ou Supervisor, verificou que a manutenção hidráulica está ruim, existem torneiras pingando e o cano do esgoto da chuva está rachado. Se você orientar o responsável da manutenção desta forma:
_ Vem aqui na loja que está precisando de uma geral na parte hidráulica.
Além de não deixar claro o que deve ser feito, não ficou claro também nem onde e nem quando deve ser feito. Existe uma grande possibilidade do encarregado da manutenção vir a loja e não enxergar o que você queria e não fazer nada.

Instrução clara + Acompanhamento = Serviço bem-feito
Portanto, para evitar frustração, reprimendas e desgaste (o famosos stress), diga as suas pessoas exatamente o que espera que elas façam, deixando claro, o que, o quando e até o como quer que as tarefas sejam completadas. Agindo desta forma, o encarregado da manutenção virá visitá-lo sabendo exatamente que deverá apertar as torneiras e verificar se o cano do esgoto da chuva deve ser trocado ou simplesmente reparado poupando tempo, re-trabalho e desperdício de recurso humano e financeiro.
IMPORTANTE, não esqueça de voltar lá e verificar se as "coisas" saíram do jeito que você queria, caso não estejam do jeito que você esperava, re-avalie sua forma de comunicação e faça certo da próxima vez.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

POSSO AJUDAR?

cp_verde_nao_obrigado_073Quando você entra em uma loja qualquer, provavelmente em questão de segundos, terá alguém a sua frente com a famosíssima e velhíssima máxima: “Posso ajudar?” E ai então você responde com a mais antiga ainda: “Não obrigado, estou só olhando”. Já se escreveram zilhoes de palavras, artigos e até livros sobre o tema, mas não adianta, parece até que as empresas treinam seus funcionários para dizer: “Posso ajudar?” Eu, particularmente, simplesmente odeio isso, o que gosto normalmente é ficar andando entre as prateleiras, olhando e “pegando” e sentindo os produtos. Caso eu precise de alguma informação, então vou em busca de alguém para me ajudar, fazendo isso as vezes até compro o que não precisava e certamente aumentarei o tíquete médio de qualquer loja.

Eu simplesmente não gosto de ter alguém como uma sombra do meu lado, me observando, fiscalizando e pronto para dar o bote. Se alguém me aborda em uma loja eu saio dela o mais rapidamente possível e as vezes nem compro o que precisava.
ENTRETANTO, há pessoas que se comportam exatamente ao avesso que eu, são pessoas que ao entrarem em qualquer loja a primeira coisa que fazem é procurar alguém para atende-las, ao vivo e a cores e naquele momento.

28_723pO QUE FAZER ENTÃO? Como saber qual cliente gosta ou não gosta de ser abordado? É tão simples que nem parece certo, basta ficar de olho nos seus olhos, o cliente que como eu não gosta de ser abordado procura evitar cruzar o olhar com qualquer pessoa ao entrar na loja, JÁ aquele que gosta de ajuda faz exatamente o contrario, procura com o olhar alguém que vai retribuir e corresponder ao seu pedido de ajuda. O ideal é treinar a equipe de vendas para entender e ler estes sinais e não aborrecer um cliente dispensando o atendimento certo para o outro cliente. Porque pior do que ser abordado é se sentir desprezado, o sentimento negativo gerado pela sensação de ser invisível para os vendedores é o pior de todos os sentimentos e pode arruinar uma grande venda.

Um ocasião precisei trocar a placa de vídeo do meu computador, não sou expert nisso, mas estes pequenos consertos eu consigo resolver sozinho, também conheço um pouquinho das configurações de um bom PC uma vez que um dos meus hobbies (Flight Simulator) requer um computador bem parrudo. Fui até uma loja especializada, já com as especificações pesquisadas na internet e encontrei a placa que queria. A partir dai precisei de alguém para me auxiliar com alguns esclarecimentos, comecei a fazer perguntas e até que o vendedor estava se saindo bem. Numa das viradas que fiz com a placa na mão, notei que ela tinha um cabo conector a mais e com um plug diferente, então perguntei ao vendedor para que servia e como e onde se instalaria aquele cabo extra na placa mãe do meu computador, sabem qual foi a resposta? “Este cabo não tem utilidade nenhuma, é só você ignorar e instalar o outro normal que a placa vai funcionar”. Olhei para ele meio apalermado com a resposta e perguntei para que o fabricante iria disponibilizar um  cabo extra numa placa de vídeo que não tinha utilidade nenhuma? Ele então olhou para mim e respondeu que não sabia para que servia aquele cabo. Detalhe insignificante, nenhum funcionário da loja sabia também. Conclusão, não comprei a placa e nunca mais volte aquela loja.

cartao-de-credito-2
Esta pequena historinha serve apenas para ilustrar o quanto perdemos por não conhecer os hábitos dos clientes (não obrigado…) e por não conhecermos o que vendemos (não sei para que serve ou pior inventar uma utilidade qualquer…). Recentemente abriu uma loja nova de produtos importados aqui no maior shopping da cidade, eu como sou um grande comprador por impulso, encontrei uma maquina de limpeza a vapor que desejava já a algum tempo, não comprei, porque nenhum dos vendedores sabia nada da maquina, nada mesmo, nem o preço eles sabiam direito. Não comprei evidentemente.



TREINE, TREINE, TREINE e TREINE se não quiser amargar muitas perdas de vendas por um serviço mal prestado e desatencioso e por uma equipe mal preparada que não sabe nada de nada. TREINE, TREINE e TREINE NOVAMENTE.

Pensei que dava, mas não dá… | Edson Camara vai emagrecer

Pensei que dava, mas não dá… | Edson Camara vai emagrecer


domingo, 16 de janeiro de 2011

Faxinão ajuda a emagrecer | Edson Camara vai emagrecer

Faxinão ajuda a emagrecer | Edson Camara vai emagrecer

Novo post do meu novo blog.

Edson Camara vai emagracer

Edson Camara vai emagrecerOlá amigos, para vocês verem que este negócio de emagrecer é coisa séria este ano, criei um blog de acompanhamento só para isso, por favor, dêem uma passadinha por lá e me digam como ficou.

Um grande abraço





Eu acredito em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e Boitatá

papai_noelEu não sou politico e jamais poderia ser devido a minha convicção de que as pessoas são boas e puras de sentimento e intenções, (não que não existam políticos assim). Eu não sobreviveria um milésimo de segundo em nenhuma ambiente parlamentar em nenhum lugar do Brasil ou do mundo, porque eu acredito nas pessoas e no que elas falam (Não que os políticos mintam ou enganem as pessoas).
Tenho lido e assistido estarrecido a todo este problema que se repete todos os anos das enchentes MD 341 - Coelho da Páscoade janeiro em todo o país, como todos os brasileiros também estão. Tenho visto a repercussão internacional inclusive, evidente que não é só aqui que acontecem catástrofes, que este assunto tem destacado o nome do Brasil pelo mundo.

O que penso é bastante simples, por que não desviar, ou melhor alocar uma parte da verba que está se destinando as olimpíadas, a copa do mundo e até o “não podemos viver sem ele” trem bala e não resolver o problema de infra estrutura pelo menos destas áreas de risco que arrancam violentamente centenas de brasileiros todos os anos de suas vidas e de seus familiares?

boitataEstá na hora de nós brasileiros pararmos de viver de aparência e de festa, nós não estamos prontos para ascender ao primeiro mundo só por que os indicadores da indústria e da classe media estão positivos (entre outros indicadores positivos). Temos que começar a cobrar dos políticos que nós mesmos elegemos uma posição mais responsável em relação aos problemas que nos afligem e que são inúmeros (Temos dezenas de indicadores negativos).
Acabei de ler na Veja que estão considerando a volta da CPMF como uma das alternativas para fechar o orçamento de 2011. PELO AMOR DE DEUS, nós somos recordistas em arrecadação, PARA ONDE ESTE DINHEIRO ESTÁ INDO????????? Francamente! Só para falar umas bobagens, aumento de salários para os políticos estão pipocando em todos os lugares e aumentos gordos. É melhor parar por aqui.

Pensem nisso meus amigos.

Ah! quase ia esquecendo, a Dona Dilma proibiu os ministros de estado de usar os jatinhos da FAB para passar o final de semana em seus estados de origem, tô gostando.

Para saber sobre Papai Noel, Coelhinho da pascoa, boi tatá e as enchentes do Rio consultem os links abaixo:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Boitat%C3%A1
http://pt.wikipedia.org/wiki/Coelhinho_da_P%C3%A1scoa
http://pt.wikipedia.org/wiki/Papai_Noel
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/01/enchentes-no-rio-de-janeiro-repercutem-na-imprensa-internacional.html

Agradecimentos pelas imagens
imagem do Papai Noel
http://www.senado.gov.br/portaldoservidor/jornal/jornal84/utilidade_noel.aspx
imagem do coelho
http://www.mulherdigital.com/coelho-da-pascoa/
boitatá imagem
http://espacocryativo.blogspot.com/2009/07/folclorealguns-personagens.html



sábado, 15 de janeiro de 2011

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Maior Problema do Brasil é que sobra muita manga!"

mango-fruits-LR2Recebi este texto pelo e-mail hoje de um amigo e achei simplesmente o máximo, é a síntese da felicidade e da clareza dos problemas, se você não concordar comigo, no mínimo o achará engraçado então divirta-se:

“O velho caipira, com cara de amigo, que encontrei num Banco, estava esperando para ser atendido. Ele ia abrir uma conta. Começo de um novo ano... Novas perspectivas...E como não podia deixar de ser, também começou ali um daqueles papos de fila de banco. Contas, décimo terceiro que desapareceu, problemas do Brasil, tsunami... Será que vai chover?
Mas em determinado momento a conversa tomou um rumo: "- Qual é então o maior problema do Brasil para ser resolvido? "E aí o representante rural, nosso querido "Mazaropi da modernidade" falou com um tom sério demais para aquele dia:
" - O Maior Problema do Brasil é que sobra muita manga!"

Tentei entender a teoria...Fez-se um silêncio e ele continuou: " - O senhor já viu como sobra manga hoje debaixo das árvores? Já percebeu como se desperdiça manga? "Sim... Creio que todos já percebemos isto... Onde tem pé de Mangoesmanga, tem sobrado manga...E aí ele continuou:
" - Num país onde mendigo passa fome ao lado de um pé de manga... Isso é um absurdo! Num país que sobra manga tem pouca criança. Se tiver pouca criança as casas são vazias... Ou as crianças que tem já foram educadas para acreditar que só "ice cream" e jujuba são sobremesas gostosas. Boa é criança que come manga e deixa escorrer o caldo na roupa... É sinal que a mãe vai lavar, vai dar bronca, vai se preocupar com o filho. Se for filho tem pai...
Se tiver pai e manga de sobremesa é por que a família é pobre... Se for pobre, o pai tem que ser trabalhador... Se for trabalhador tem que ser honesto... Se for honesto, sabe conversar... Se souber conversar, os filhos vão compreender que refeição feliz tem manga que é comida de criança pobre e que brinca e sobe em árvore... Se subir em árvore, é por que tem passarinho que canta e espaço para a árvore crescer e para fazer sombra... Se tiver sombra tem um banco de madeira para o pai chegar do trabalho e descansar...
Quem descansa no banco, depois do trabalho, embaixo da árvore, na sombra, comendo manga é por que toca viola... E com certeza tá com o pé na grama... Quem pisa no chão e toca música tem casa feliz... Quem é feliz e canta com o violeiro, sabe rezar... Quem sabe rezar sabe amar... Quem ama, se dedica... Quem se dedica, ama, reza, canta e come manga, tem coração simples... Quem tem coração assim, louva a Deus.
Quem louva a Deus, não tem medo... Nada faltará porque tem fé... Se tiver fé em Deus, vê na manga a providência divina... Come a manga, faz doce, faz suco e não deixa a manga sobrar... Se não sobra manga, tá todo mundo ocupado, de barriga cheia e feliz. Quem tá feliz.... não reclama da vida em fila do banco...
Daí fez-se um silêncio... “

Bom, eu vou degustar uma manga agora que não engorda e faz bem!

manga

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Como não procrastinar, efetivamente!

CALVIN TRADUZIDOO ano novo já começou, em uma velocidade incrível, apesar de cada dia ainda ter 24 horas, a impressão que tenho é que tem apenas 12 horas se não menos. A medida que os dias do novo ano vão avançando, aquele charmezinho de coisa nova vai se dissipando e todas aquelas coisas que planejamos para “O ano novo vai ser diferente” vão ficando mais comuns e mais rotineiras. ESTE É O PERIGO de planejar a vida com uma data de validade. Alias, diga-se de passagem que a única data de validade que temos é totalmente desconhecida, graças a Deus!
O maior inimigo do planejamento é a PROCRASTINAÇÃO, você sabe o que é né? Mas não custa nada relembrar: PROCRASTINAR é evitar fazer as coisas que precisam ser feitas ou deixar as coisas sem fazer o máximo de tempo possível. Caiu a ficha? É trágico não? Mas como tudo na vida, para isso também existe solução, TRABALHAR. É por isso inclusive que estou escrevendo aqui agora, as minhas listas sempre funcionam.
DEIXAR AS CONTAS EM CIMA DA MESA NÃO GARANTE QUE ELAS SERÃO PAGAS.
Ficar olhando a estante e a mesa de trabalho desarrumada, a lata de lixo transbordando, os pratos na pia, aquele projeto complicadíssimo e hiper importante que você já começou a fazer trocentas vezes,  etc etc etc, olhar e contemplar os problemas não resolve nada, temos que AGIR!
Quando temos uma tarefa CHATA para fazer, só existe uma forma de não procrastinar por falta de disposição ou entusiasmo, é encarar de frente. Eu tenho um lema que uso o tempo todos, “as obrigações primeiro, os prazeres depois”, não sei onde nem quando aprendi isto mas funciona. Então quando a procrastinação, aquele desejo de deixar pra depois, atacar, enfrente o bicho de frente e mostre quem manda nas suas coisas.
É assim que eu faço (e vem dando certo):
  1. Sou flexível em primeiro lugar, divido a maldita tarefona em várias pequenas tarefas, tentar fazer tudo de uma vez pode ser insuportável e a vontade de “deixar esta m… pra depois é muito forte”. Mas, marque uma hora HOJE para acabar, se não vai durar pra sempre e ai o bichão vai ganhar.
  2. Mantenha a chata por perto, leve tudo que você precisar para terminar a tarefa junto com você para onde você for, material, anotações, canetas, notebook, agendas, o que for necessário, não crie uma desculpa de não ter a ferramenta certa para terminar o trabalho. A inspiração não tem momento certo pra chegar, ela chega e pronto, esteja preparado o tempo todo.
  3. Não divagar, não fique pensando em consertar o mundo quando você não está conseguindo nem terminar o seu próprio trabalho. Concentre-se, não se distraia com nada, manter-se no foco da questão é essencial. Evite os inimigos do trabalho, “olhadinha no e-mail”, “youtube”, e tantas outras coisas que você sabe bem o que são.
poroindecomecarNÃO QUERER FAZER AS COISAS AGORA não é privilégio seu, todo mundo tem este problema. Mas lembre-se que a única maneira de encarar, é de frente e com coragem e determinação. Diga para você mesmo, “Vamos acabar com isso de uma vez por todas” arregace as mangas e trabalhe.
Não negue, não tenha medo e nem sinta-se culpado, apenas faça o que tem que fazer e pronto.
A proposito, perdi 2,2 kg desde o dia 26 de dezembro, é pouco, mas não engordei, continuo na luta com a balança.



quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Resolução 2011 – Compromisso público

grannysmith Criei coragem e publico aqui a minha resolução de 2011 de “SER MAGRO”, não é simplesmente um desejo de emagrecer, é sim uma determinação de ser magro, ou seja não ser mais gordo, não ter mais barriga e outros inconvenientes de ser relaxado com a própria aparência.
Eu tenho cultivado este mal hábito por muitos anos, já fiz inúmeras tentativas de emagrecer, todas com um retumbante insucesso, por uma simples razão, faltou “FORÇA DE VONTADE” E “DETERMINAÇÃO”.
Bom, aproveitando o inicio do ano e o nosso costume de fazer “resoluções de final de ano” eu decidi fazer uma “resolução de inicio de ano” publicar aqui no blog e solicitar aos meus amigos que me cobrem e me ajudem a concluir esta decisão.
Eu até que tenho uma força de vontade bem forte, por exemplo, deixei de fumar de um dia para outro e nunca mais coloquei um cigarro na boca, não fumo desde 1997. MAS, quando se trata de comer menos e fazer exercícios, eu sou um tremendo mal caráter comigo mesmo. Como diz um amigo de longa data, “antes tarde do que mais tarde ainda” por tanto, vamos aos fatos:
Meu peso hoje pela manhã foi de 124,4 kg, como tenho 1,82 metro de altura, meu peso ideal seria 82 kg, mas vou ficar feliz com uma meta de 90 kg.
META 1: Chegar aos 90 kg até 31 de dezembro de 2011
META 2: Manter os 90 kg até 31 de dezembro de 2012
META 3: Chegar aos 60 anos (faltam ainda 6 anos), ou seja, pesar no máximo 82 kg em 3 de julho de 2012.
META 4: Me acostumar a fazer exercícios de baixo impacto em casa diariamente nos próximos doze meses. Isto inclui tarefas domesticas que também gastam calorias.
MyNetDiary (www.mynetdiary.com)mynetdiary
Achei este site logo após o natal, me cadastrei e estou seguindo a risca as suas instruções, o custo é ZERO, e é  facílimo de usar, mesmo sendo em inglês. Coloquei lá um perfil público com foto do agora para comparar com o depois e com as minhas metas de redução de peso e exercicíos. Tenho registrado todas as minhas atividades de alimentação e exercícios neste site, o simples fato de registrar tudo já me deixa mais vigilante. Bem, como nada no mundo substitui a persistência, vou ser persistente e realizar estas metas.
Vou publicar aqui no blog os meus resultados mensais. O gráfico abaixo já mostra que do dia 26 de dezembro até hoje, eu consegui me livrar de 700 gramas, é pouco, mas já é um começo. Conto com vocês para me ajudarem nesta jornada.
EdsonCamaraMyNetDiary20110105

Feliz 2011! Um grande abraço!